A linha tênue entre educação e intimidade

A linha tênue entre educação e intimidade

Existe muita diferença entre estar afim de alguém e querer apenas uma conversa ou um instante de conversa. Saber das novidades é normal. Entrar em minha vida de uma maneira que eu não convidei é outros quinhentos. Já perdi a conta de quantas vezes tive essa desagradável sensação. Respondo, muitas vezes, por educação mas as pessoas insistem em confundir que eu dando a liberdade de saber até a calcinha que estou vestindo no dia. Boa aquariana que sou, prezo por minha liberdade sem rodeios. Adoro um chamego, mas de quem eu gosto. E nem adianta vim com essa história de que “tenho que dá valor a quem me dá valor” por que é papinho pra boi dormir. Eu sei quem tá comigo e não preciso mendigar atenção, pois no dia que eu fizer isso, estarei indo contra as regras de minha criação. Meus pais sempre me ensinaram que devo me amar antes de tudo, e não vou decepcioná-los (pelo menos não com isso). Mas voltando ao tema dessa crônica, tenho a imensa vontade de mandar ir pra casa do chapéu todas as pessoas que insistem em uma intimidade que não existe, porém, como mainha me deu educação, às vezes consigo me segurar e apenas responder, ou simplesmente deixar ali, queimando no fogo do vácuo.

 

Post Author
Bianca Rocha
Aquariana e bipolar, moça da cidade mas que passou a maior parte da vida na interior. Hoje, depois de muitos desencontros com o que seguir profissionalmente, estuda jornalismo e gosta de ouvir histórias iguais as que o seu pai contava quando ela era pequena.

DEIXE SEU RECADO USANDO UMA DAS REDES SOCIAIS

Ancorada no Instagram

Junte-se a nós no Instagram