Das coisas que ganhei na vida

É você. Foi você. E sempre será você. Apesar do meu jeito torto de amar e um jeito louco de demonstrar é você quem me faz bem e depois de um tempo percebi que muita coisa me prende a você. As coisas andam meio estranhas, mas não é por mal. Talvez se fosse um relacionamento tão certinho não estaríamos há tanto tempo juntos. Acontece que eu não sei mais acordar de manhã e não receber o seu bom dia e nem sei ir dormir sem nem ao menos falar com você. Mesmo que você durma antes das vinte e duas e me deixe falando sozinho até o outro dia de manhã se desculpar e dizer que “dormi, meu bem, me desculpa” e eu aceitar as suas desculpas com um sorriso no rosto apenas por saber que estar a nascer mais um dia ao seu lado. Esse texto que escrevo hoje é um dos mais clichês da minha trajetória, mas acho que as coisas clichês soam tão bonitas quando o assunto é você que eu deixo pra lá as opiniões alheias e imagino um mundo onde exista só nós dois.

 

Post Author
Bianca Rocha
Aquariana e bipolar, moça da cidade mas que passou a maior parte da vida na interior. Hoje, depois de muitos desencontros com o que seguir profissionalmente, estuda jornalismo e gosta de ouvir histórias iguais as que o seu pai contava quando ela era pequena.

DEIXE SEU RECADO USANDO UMA DAS REDES SOCIAIS

Ancorada no Instagram

Junte-se a nós no Instagram