É tempo de mudar, jogar as coisas para fora e viver em paz

 

Um dia eu me apaixonei sem querer e foi então que descobri que não era tão fria assim e que poderia amar alguém. O tempo passou e várias coisas rolou, dentre elas algumas separações de alguns meses e também algumas crises de ciúmes onde a gente acaba fazendo e falando muita besteira. Nesse meio tempo houveram muitas declarações, choros e pedidos de desculpas. Dentre esse tempo a segunda pessoa da história também conseguiu viver outra história. Mas eu não. Permaneci em meu canto na esperança de um dia voltar. Logo eu, sempre independente e que sempre dizia aos meus amigos que nunca iria me apaixonar e nem sofrer por ninguém, estava lá sofrendo e chorando em pleno carnaval. Um carnaval nunca vivido antes, mas que serviu de experiência, até por que a gente sofre uma vez para aprender a nunca mais sofrer, a não ser que você seja trouxa como eu.

Quando a gente ama a gente perdoa, mas perdoa uma vez só, né?! E a minha cabeça já anda tão insatisfeita com algumas coisas da vida que em uma situação dessas fica sem saber no que pensar e como pensar.

Porém…

É tempo de mudar. Jogar fora tudo aquilo que me atrasa e me faz mal. Esquecer as coisas ruins do passado e pensar em um futuro melhor. Deixar pra lá toda aquela mágoa das pessoas que um dia tentaram lhe fazer mal e desculpar-se de todos aqueles que de uma forma ou de outra fez mal, mesmo sem querer ou por querer mesmo.

É tempo de repensar. Fazer as contas da vida e se é assim mesmo que deve ser vivida. Entender que não é desse jeito que você será feliz e nem fará ninguém feliz junto a você. Saber o que é certo e errado e procurar o bem sempre pro que lhe convém mas não afetando as outras pessoas.

É preciso jogar todas aquelas coisas que lhe faz mal fora. Lembra daquele print que você tirou para provar algo que no fundo você já sabia?! Apaga ele. Do celular, computador e principalmente da nuvem. E não esquece de esvaziar a lixeira depois. Para seguir em frente, é preciso deixar que aquela mágoa do passado vá embora junto com tudo que há de ruim dentro de você.

Post Author
Bianca Rocha
Aquariana e bipolar, moça da cidade mas que passou a maior parte da vida na interior. Hoje, depois de muitos desencontros com o que seguir profissionalmente, estuda jornalismo e gosta de ouvir histórias iguais as que o seu pai contava quando ela era pequena.

DEIXE SEU RECADO USANDO UMA DAS REDES SOCIAIS

Ancorada no Instagram

Junte-se a nós no Instagram