Sou dona de mim

8d9d19842bbcf1a6b69a45c0dd5b5f1a

Sou dona de mim. Faço o que quero a hora que bem entender. Uns podem achar que sou arrogante, mas não entendam desse modo. É que estou cansada de tantos padrões. “Menina de família não pode sair a noite”, “Menina de família não vai pra balada sozinha”, “Menina de família não bebe”. Desculpe-me o palavrão, mas foda-se a menina de família! Eu sou daquelas que não vou ligar para o que você falar caso eu saia às dez da noite e chega às cinco da manhã. O que fiz ou deixei de fazer nesse intervalo, apenas condiz a mim e a mais ninguém.

Engraçado que há preconceitos com algumas mulheres que saem a noite e chegam em casa de manhã. Dizem por aí que não somos para casar. Que não somos para um relacionamento sério. Só um recado, meu amor: a mesma que pode está dentro de casa, uma santa como dizem por aí, pode lhe trair da mesma forma. Não é preciso ser “do mundo” para trair. Quando um não quer, dois não brigam e a vida segue assim.

Saio com minhas amigas para me divertir e nada além disso. Vez em quando rola uma paixãozinha de momento, para distrair a mente, mas nada que passe de uma noite. Não estou preparada para um relacionamento sério. Prezo demais a minha liberdade de ir e vir sem ter que dar satisfação a ninguém. Agora não sabemos o que pode acontecer no dia de amanhã. Dizem por aí que o amor surge quando menos esperamos, então não desacredito. Enquanto isso, vou pra noite. Dançar e me divertir até o dia raiar. Quem quiser falar que fale. Nunca me importei com opinião alheia, não será hoje que isso irá acontecer.

Post Author
Bianca Rocha
Aquariana e bipolar, moça da cidade mas que passou a maior parte da vida na interior. Hoje, depois de muitos desencontros com o que seguir profissionalmente, estuda jornalismo e gosta de ouvir histórias iguais as que o seu pai contava quando ela era pequena.

DEIXE SEU RECADO USANDO UMA DAS REDES SOCIAIS

Ancorada no Instagram

Junte-se a nós no Instagram